Tipos de questionário de pesquisa: conheça os principais

O levantamento de dados quantitativos pode requerer diferentes tipos de questionário de pesquisa. Pois é: nem sempre o esquema de perguntas e respostas é suficiente para atender aos objetivos da investigação.

A escolha do método depende muito das intenções do estudo. Por isso, não existe uma receita pronta para a coleta. Ainda assim, é possível basear-se em modelos consolidados para facilitar o esforço durante a elaboração do TCC. Confira!

É importante conhecer os tipos de questionário de pesquisa para fazer a coleta de dados do TCC.

A aplicação de questionários pode contribuir com o seu trabalho de conclusão de curso. (Foto: Divulgação)

Principais tipos de questionário de pesquisa

Um questionário serve para gerar estatísticas. Quando uma quantidade expressiva de sujeitos responde às mesmas questões, é possível comparar os resultados em forma de gráficos ou tabelas. Assim, tem-se uma ideia geral do comportamento de uma população, com base em porcentagens e médias.

Devem-se levar em conta as variáveis. São a idade, a escolaridade, as condições socioeconômicas ou quaisquer outros aspectos que possam justificar certos hábitos.

Por exemplo, é esperado que uma pessoa de baixa renda não compre artigos de luxo. Ainda assim, pode haver um ponto fora da curva – alguém que junte economias para realizar um sonho de consumo, por exemplo. Essa atitude desviante não corresponde à média do público, por isso deve ser interpretada a partir de variáveis.

Como nem sempre o informante tem como justificar sua resposta, os dados quantitativos podem ser um tanto limitados. Porém, servem de base para estudos mais profundos. Confira alguns tipos de questionário de pesquisa:

Perguntas de múltipla escolha

Trata-se de um recurso bastante comum para identificar preferências de um grupo de indivíduos. Para facilitar tanto as respostas quanto a posterior tabulação dos dados, sugere-se restringir a escolha do participante a uma única alternativa, dentre as opções apresentadas.

No entanto, vale lembrar que nem sempre as sugestões condizem com a informação que o sujeito gostaria de dar. Uma lacuna em branco para eventual preenchimento supre essa demanda.

Questões de sim/não

Essa é uma variante ainda mais simples. Quanto menos caminhos possíveis, mais fácil tende a ser a decisão. O pesquisador deve apenas tomar cuidado para adotar um tom neutro, que não condicione o comportamento do informante.

Por exemplo, em vez de perguntar “Domingo é dia de louvar ao Senhor, certo?”, utiliza-se “você concorda que domingos devem ser reservados à oração?”. Tente elaborar enunciados simples e claros, que não deem margem a interpretações dúbias.

Diferentes tipos de perguntas podem integrar o questionário. (Foto: Divulgação)

Perguntas abertas

Questões sem respostas pré-definidas deixam o entrevistado livre para explicar, com as próprias palavras, o que estiver pensando. A gama de dados costuma ser mais ampla, pois cada pessoa pode ter interpretações bem próprias sobre a mesma situação.

Por outro lado, algumas temáticas costumam se repetir. Isso permite ao pesquisador agrupar as falas em categorias, conforme o teor em comum que elas tenham. Essa medida facilita a tabulação das informações.

Escala de avaliação

Nesse modelo, costuma-se atribuir uma nota de 1 a 5 ou de 1 a 10 para serviços. Também se pode recorrer à escala Likert. No lugar da pergunta, usa-se uma afirmação. As alternativas possíveis para o respondente são “concordo totalmente”, “concordo”, “indiferente”, “discordo” e “discordo totalmente”.

Lembre-se: nada lhe impede de utilizar diferentes tipos de questionário de pesquisa ao mesmo tempo. Variar os instrumentos de investigação ajuda a obter um bom material de análise para o seu TCC.

Gostou das dicas? Deixe um comentário!

The post Tipos de questionário de pesquisa: conheça os principais appeared first on ViaCarreira.

Share

You may also like...